Primeira etapa letiva está começando: Reconhecimento da área da Escola, Trilha de Ciências e Inauguração das Palhoças, ou melhor, pequenos laboratórios de pesquisas.

Depois de quase três meses fora, estamos de volta. Com energias renovadas, alunos e professores já estão na escola para iniciar a primeira etapa letiva de 2011, que promete. Como de costume, a Abertura Oficial aconteceu na noite de quarta-feira, 23, onde alunos e professores se apresentaram, falando de suas expectativas para a etapa e ano. Começando pelos veteranos e por último os novatos.

Os professores se apresentaram por último, apresentando as áreas que irão ministrar e cargos internas da escola que irão ocupar. Depois das apresentações, o Coordenador Geral da Escola, professor Alfredo Brazão passou os informes e programação das atividades que serão realizados na primeira etapa do ano.

Nesse ano a escola está recebendo novos alunos de 6º ano do ensino fundamental e 1ª série de ensino médio. Floriana Ferreira e Afonso são os professores de ensino médio que estão chegando.  Abilio Júlio, ex-aluno da Pamáali será o secretário. Os professores Juvêncio Cardoso, Raimundo Benjamim, Abrãao Mendes, Arcindo Brazão voltam novamente nesse ano. E a escola ainda conta com a volta do Tiago Pacheco e do Alfredo Brazão, que é o coordenador geral neste ano.

Primeiras Atividades: Limpeza e Reconhecimento da área da Escola.

Para começar as atividades, nessa primeira semana as atividades de campo são para a limpeza e organização das salas de aulas e dos espaços freqüentados pelos alunos e professores, como quadra-praça e campo de futebol.

No primeiro dia de reconhecimento da escola a equipe de professores visitou as Palhoças construídas na Trilha de Ciências, que neste ano serão usados como espaços de desenvolvimento de pesquisas e sala de aula de ensino médio.

No segundo dia, professores Juvêncio Cardoso, Alfredo Brazão e Raimundo Benjamim apresentaram o histórico da escola, seus objetivos, a missão, projetos e outras atividades que estão em andamento. Autonomia, Sustentabilidade, Gestão Territorial, Núcleo de Gestão e Empreendedorismo/Pamáali, GESAC-Pamáali/Comunicação e Rede de Escolas Baniwa e Coripaco foram os assuntos tratados nas apresentações.

E depois, dessas apresentações, professores Juvêncio e Alfredo apresentaram fotos e vídeos de experiências visitadas em vários lugares, como no INPA em Manaus e outros.

Palhoças: Pequenos Laboratórios de Ciências são inauguradas

A idéia de criar a trilha de Ciências nasceu em 2005, quando um Estudante de Gestão Ambiental da USP, chegou na escola para fazer seu estágio, que resultou séries de documentos-estudos sobre a Gestão Ambiental na Pamáali. E anos mais tarde, como o inicio do Projeto Paisagens desenvolvidos em torno da escola nas comunidades próximas. Participado por alguns alunos da escola.

“A idéia de construir a trilha de ciências e as palhoças surgiu quando começamos a perceber e entender que o ensino-aprendizagem deve ultrapassar a sala de quatro paredes, para produzir conhecimento”explicou Dzoodzo, falando sobre os objetivos desses novos espaços de ensino na escola. A proposta dessas palhoças vai longe. Servirão como pequenos Laboratórios de Ciências para os alunos.

Construídas no ano passado com recursos de um dos projetos da escola, essas palhoças servirão como salas de aulas e aos poucos serão equipadas para servirem como laboratórios de pesquisas. Inicialmente são três palhoças, uma na Hamaliani (Caantinga), uma na capoeira (heñami) e terra firme (Awakada).

“Como as mudanças climáticas estão nós (alto Rio Negro, florestas do Içana), está afetando? Quantos de carbono uma área de nossa  floresta está ajudando a sugar da atmosfera?Questões como essas, esses espaços ajudarão responder”-comentou Adeilson Lopes, ecólogo do Instituto Socioambiental, que também acompanhou o passeio de reconhecimento e inauguração das palhoças.

Foi ressaltado pelos professores ao final da caminhada a importância de todo o trabalho que está sendo desenvolvido na escola, para a bacia do Içana e região do Alto Rio Negro. Ao longo do passeio de reconhecimento, alunos fizeram suas perguntas para tirar suas dúvidas e comentar os temas abordados.

Com cadernos de anotações nas mãos, os alunos anotaram o que foi falado e apresentado pelos professores, experiências visitadas e reconhecimento da área da escola e os objetivos da trilha de ciências e das palhoças. Das anotações será gerado um relatório que será apresentado aos professores como primeiro trabalho da etapa.

É a Pamáali começando!!!

 

Ray

 

Anúncios

Sobre Escola Pamaali

A Escola Pamáali é um resultado de construção da Educação Escolar própria pelos povos Baniwa e Coripaco, que iniciou desde meados da década de 90 (reuniões e grandes Encontro de Educação escolar Baniwa e Coripco). Começou a funcionar a partir do ano 2000 com 35 alunos. Hoje a EIBC-Pamáali é uma das referências em Educação escolar indígena na região do Alto Rio Negro.

Publicado em 25/03/2011, em Alunos da Pamáali, Conheça mais a Pamáali, Educação, Ensino Fundamental, Imagens da Pamáali, Manejo Ambiental, Notícias, Professores, Sustentabilidade. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: