Indíos na Política: eleitos no dia 5 de Outubro.

 

Juvencio Cardoso/EIBC. No centro. André Fernando, vice-prefeito eleito (PT), na comunidade Tunui Cachoeira, na noite do dia 5 de Outubro, comemorando a Vitória.

Foto: Juvencio Cardoso/EIBC. No centro. André Fernando, vice-prefeito eleito (PT), na comunidade Tunui Cachoeira, na noite do dia 5 de Outubro, comemorando a Vitória.

Candidatos indígenas concorrendo e sendo eleitos em eleições municipais, em muitos estados e municípios brasileiros é um marco recente e vem crescendo em cada pleito. De acordo com o levantamento do Conselho Indigenista Missionário (CIMI), três vice-prefeitos, mais de 61 vereadores e vereadores, e seis prefeitos indígenas foram eleitos em outubro. Um crescimento de cem por cento em relação aos que ocuparam o cargo após a eleição de 2004.

De acordo com os dados do “Da Aldeia a Câmara Municipal: Candidatos Indígenas nas eleições municipais 2008”, realizado por estudantes do curso de Ciências Sociais da UFPR, só nesse ultimo pleito, foram registrados mais de 350 candidaturas em 150 municípios brasileiros, distribuídos em cerca de 21 estados da federação. E ainda, 70% dos candidatos concorreram nos municípios de pequenos portes, localizados em sua maioria em terras indígenas, onde a população, chega em torno de 10 mil. E em diferentes filiações partidários.

Norte do país, noroeste o estado do Amazonas, o município considerado o mais indígena do Brasil, pela primeira vez comemora a vitoria de Indígenas eleitos no município. São Gabriel da Cachoeira, elegeu o seu primeiro prefeito e vice-prefeito indígena na sua história. Pedro Garcia Tariano (PT) a prefeito e André Baniwa (PV) vice-prefeito foram eleitos com mais de 51% dos 12.319 votos válidos. O Tariano será o primeiro prefeito indígena na historia do município.

A história Indígena na política partidária é recente na história do município. O primeiro indígena a se candidatar a cargo de prefeito, foi exatamente o Pedro Garcia (PT), em 2004. E no ano seguinte se candidatou a Deputado Federal, e nessas duas, não conseguiu ser eleito. A participação dos indígenas em São Gabriel até então foi somente a cargo de vereador. O outro município no Amazonas a eleger prefeito indígena foi o Barreirinha, 331 km de Manaus. Dos 3.666votos válidos, 33,1% foram para Mecias Satere Mawe.

A presença Indígena nas prefeituras e Câmaras Municipais transforma a esperança de muitos em certeza de dias melhores, principalmente aquelas que nunca foram contemplados .

Nokitsienape Baniwa Coripaco

Nokitsienape, kadzo ileekapidzo ikapa lirikoda lhiehe nodananda, manope wakitsienape lhinipaka lhiehe wahipaite, nheewakawatsa ittalikanattiwa lirikoda hamoli hiewaliwatsawa, prefeitonaiwa nheette vereadortsakha. Whaa iemakape São Gabriel da Cachoeira ipirikawaliko, wheeta tsakha wadzaropewa wakitsienapetsa wapidzawanaiwa likoadaaka hamoli ikoawale (prefeitonaiwa). Nhaa wakitsienape tshemonai, Okayalirikoperi nheeta vereadornai nakitsienapetsa ideenhikawape nheette irepresentakawape nhaa neemakawaliko. Whaada ?

Manopenatha wakitsienape ikandidatarikape vereador ikoawale, metsa karottoa pada hiewakawa. Karo nottaita nokaiteka koadaka. Phiadekhani phia ivotarikaita. Koaka wakapali nanako nhaa wakitsienape, nadeenhikaa? Neemakaa? Naanheekhe? Nanewikhiaka?. Manopeena wheetaka yalanawinai, koaka nadzeekatali walhio? Kaatsa koaka! Matsia walhiokani! Nokitsienape, matsiatsera, ima koaka ianheri ikatsani hia. Ima karo pavota paitanako, lhiena neenikatsa koa ikheetteka.

Metsa, waperderika 4 hamoli pandza whaa inialitta. Pawali, kanakaiwatsa wawapiñetaka poadzaphena liodza lhieka hamoli idzenali pandza.

Po Raimundo Benjamim.

Anúncios

Sobre Escola Pamaali

A Escola Pamáali é um resultado de construção da Educação Escolar própria pelos povos Baniwa e Coripaco, que iniciou desde meados da década de 90 (reuniões e grandes Encontro de Educação escolar Baniwa e Coripco). Começou a funcionar a partir do ano 2000 com 35 alunos. Hoje a EIBC-Pamáali é uma das referências em Educação escolar indígena na região do Alto Rio Negro.

Publicado em 06/12/2008, em Pitsiro Pamáali. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. nelma almeida gualberto santos

    Foi bastante elucidativa essas informações para nós e aproveito o espaço para solicitar informações sobre um trabalho da Disciplina História Índigena, vamos lá!Sou aluna do curso de história da UNEB – Universidade Estadual da Bahia, e estamos fazendo um trabalho sobre a participação do Índio na politica , vocês teriam como me fornecer dados da partiicipação/eleição do mesmo nas eleições de 2010? pois a nível de deputado apenas Juruna, foi eleito federal em 2004 , Uma outra questão é quanto ao número apresentado pelo autor Júlio César Melatú – Indios do Brasil, 2007 onde consta a eleição de 80 índios até o ano de 2000, essa informação procede?
    Agradeço desde já , só sinalizando que essas informações seriam necessárias até o dia 12/04.
    Nelma Gualberto
    Salvador-BA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: