Robin Writh conta sua História de Pesquisa com os Baniwa, e será levado pelo Pitsiro

A história pouco conhecida chegará pela primeira vez para as comunidades do Içana, através do Pitsiro Pamáali. A história da vida e pesquisa do antropólogo Robin M. Wright, um dos mais importantes nomes na area  pesquisa sobre os Povos Indígenas da Amazônia, e da América do Sul.

História contada pelo próprio autor, traz informações importante ao leitor, especialmente aos mais jovens, que não conheceram esse grande pesquisador.  Você pode conhecer essa história nesse blog, no link *Artigos sobre os Baniwa, *Robin conta sua História de vida e de Pesquisca com os Baniwa.

Raimundo Benjamim- Editor Pitsiro Pamáali

Anúncios

Sobre Escola Pamaali

A Escola Pamáali é um resultado de construção da Educação Escolar própria pelos povos Baniwa e Coripaco, que iniciou desde meados da década de 90 (reuniões e grandes Encontro de Educação escolar Baniwa e Coripco). Começou a funcionar a partir do ano 2000 com 35 alunos. Hoje a EIBC-Pamáali é uma das referências em Educação escolar indígena na região do Alto Rio Negro.

Publicado em 03/12/2008, em Cultura, Pitsiro Pamáali, Quem são os Baniwa?. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Professor Robin

    PARABENS PARABENS PARABENS PARA O NUMERO DO PITSIRO !!
    UM EXCELENTE JORNAL
    UMA SUGESTAO PARA PROXIMOS ARTIGOS: PUBLIQUEM AS HISTORIAS DO KAMIKO E DO UETSU MIKUIRI, DOIS GRANDES PROFETAS BANIWA DO SECULO PASSADO. VALORIZEM A SUA HISTORIA QUE EH REPLETA DE LUTAS, DE VITORIAS, E DE GRANDES PERSONAGENS.
    ABRACOS
    ROBIN WRIGHT

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: