Pitsiro Pamáali: Sustentabilidade

SUSTENTABILIDADE

Foto: Alfredo Brazão. Alevinos de Aracú    sendo distribuidos para as Comunidades


Pamáali incentiva a sustentabilidade nas comunidades do Içana e afluentes

Por Raimundo Benjamim

A Escola Pamáali, por meio de seus projetos procura levar as comunidades formas que contribuem para o desenvolvimento dos mesmos, como a melhoria da qualidade de vida, através de ações como a sustentabilidade. Uma das atividades mais desenvolvidas na Escola é a criação de peixes, produzidos na Estação de Piscicultura, que além de produzir alevinos a serem distribuídos nas comunidades, é um espaço de ensino para os alunos. A cada inicio de ano é realizada uma produção de alevinos, das diferentes espécies de peixe nativas. Desde o inicio de funcionamento, de 2004 a 2008 já foram produzidos um milhão de alevinos. A estação EIBC, atende viveiros comunitários e familiares do baixo, médio Içana e seus afluentes Cuiarí e Ayari. E a cada ano realiza a entrega de alevinos nas comunidades.

Entrega de Alevinos nas Comunidades do Rio Ayari, Cuiari e Médio Içana.

Por Erivaldo Macedo

Na segunda quinzena de junho, de 18 a 20, a equipe de técnicos da Estação de Piscicultura: Plínio Guilherme e Hernesto Suilo e acompanhados pelo Juvêncio Cardoso, coordenador da Escola, realizaram a primeira viagem de entrega de alevinos das espécies de Aracu (Leporinus fridericy) e Acara (Apistogramma sp), produzidos neste ano. Além da entrega de 800 alevinos feita na comunidade Caju Ponta, fizeram uma visita ao viveiro em construção na comunidade Pana-Panã. A taxa de mortalidade não passou dos 1%.

A segunda viagem aconteceu nos dias 26 a 30, pelos monitores-técnicos Genivaldo, Valencio, acompanhados pelo Ronaldo Apolinario Coordenador-Técnico. As entregas foram feitas nas comunidades Santa Rosa, São José e Tunui Cachoeira, do médio Içana e na comunidade Vista Alegre do Rio Cuiari.No total foram entregues 2000 alevinos das espécies de Aracu (Leporinus fridericy) e Acara (Apistogramma sp).

O objetivo dessa entrega é o povoamento de viveiros para garantir a segurança, alimentar através de piscicultura, nas comunidades, facilitando o acesso para obtenção de peixes melhorando a condição da vida das populações.

Ray

Fonte: Pitsiro Pamáali

Anúncios

Sobre Escola Pamaali

A Escola Pamáali é um resultado de construção da Educação Escolar própria pelos povos Baniwa e Coripaco, que iniciou desde meados da década de 90 (reuniões e grandes Encontro de Educação escolar Baniwa e Coripco). Começou a funcionar a partir do ano 2000 com 35 alunos. Hoje a EIBC-Pamáali é uma das referências em Educação escolar indígena na região do Alto Rio Negro.

Publicado em 26/08/2008, em Sustentabilidade. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: