Pitsiro Pamáali: Educação Escolar Baniwa e Coripaco

EDUCAÇAO ESCOLAR INDIGENA BANIWA E CORIPACO

Foto: Andreza Andrade/ISA                                                                                                      Tiago, participante da Oficina de comunicação entrevistando a Professora da UEA.

Tiago Pacheco participante da Oficina de Comunicação, entrevistando a professora da UEA.

Oficina de Comunicação e Informática avançada na Escola Pamáali

Por Oscar Sanches e Isaias Casimiro

Aconteceu no dia 20 a 25 de Agosto 2008, na escola Pamáali a I oficina de comunicação e Informática avançada. Com a orientação da Andreza Andrade, Jornalista do ISA e Jamil Guimarães implementador de Programa Social de GESAC. Tendo objetivo de contribuir com a formação dos alunos e professores em jornalismo e informática. Os assuntos estudados foram: como surgiram os meios de comunicação impressos, como montar jornal, estrutura de jornal. Sendo que na informática conhecemos sobre as unidades medidas na informática (bit e byte), tecnologia sata, placa de vídeo, funcionamento de link, bandas, meios de propagação, conector de rede, conector serial, fontes de alimentação, aparelho placa mãe, pente de memória, bateria, cabo de conexão, cabo flat, kolle e dissipador. Segundo os alunos e professores participantes, conseguiram adquirir maior parte dos conhecimentos repassados. Disseram que através dos conhecimentos obtidos, poderão repassar aos outros alunos das outras escolas do rio Içana.

Ensino médio apresenta os resultados de pesquisa.

Por Roberto da Silva

O evento aconteceu no dia 14 de julho 2008, no laboratório da Escola Pamáali com objetivo de apresentar os resultados da pesquisa sobre os recursos manejo ambientais do rio Içana. Houve a participação dos alunos de ensino fundamental e professores. A pesquisa possui foco principal para treinar os alunos do ensino médio na elaboração de projeto de pesquisa, juntamente com os velhos conhecedores de história para aprofundar mais os seus conhecimentos. Durante o seminário os alunos expositores apresentaram sobre como as plantas comestíveis e não comestíveis se originaram neste mundo, sua importância e manejo considerado bom para recursos naturais. E apontaram as praticas consideradas ruins para o manejo. De todas as paisagens no rio Içana. Os homens criadores de todas paisagens foram Heeko e Ñapirikoli, que eram poderosos e conhecedores sobre todas as coisas que existem hoje em dia no mundo. Esta pesquisa está em andamento ainda falta muitas informações que serão levantadas no decorrer das etapas letivas.

Ensino médio da Escola Pamáali recebe formação em Economia

Por Isaías Casimiro

Aconteceu no dia 26 junho a 03 de julho 2008 aqui na escola Pamáali, a primeira oficina de Economia com o professor Gustavo Pinheiro, administrador do Isa de São Gabriel da Cachoeira. Com objetivo de garantir a formação dos alunos de ensino médio sobre a economia. Durante a oficina os alunos e professores estudaram sobre os recursos humanos, recursos naturais, recursos financeiros, recursos materiais, história de economias e da oferta, demanda restrições à importação e exportação. Os participantes decidiram continuar com esse estudo na próxima etapa.

Na Escola Pamáali, gestores criam rede das escolas Baniwa e Coripaco de ensino fundamental completo.

Por Imperatriz Guilherme

Na primeira quinzena de junho de 2008, se realizou o I encontro dos professores, na escola Pamáali, com a participação dos outros escola do ensino fundamental completo; Eenawi, Paraattana, Kalidzamai, Waliperedakenai, Wapui, Maadzero, Pamaali e Kaayakaapali/Coripaco. Tendo objetivo; rede planejamento estratégico das escolas. Nessa oficina os gestores de todas as escolas, apontaram ações das suas escolas, dificuldades enfrentadas no desenvolvimento de seus trabalhos e desafios de cada escolas participantes, ou seja, as metas que querem atingir. Assim, desenvolveram a formação dos baniwa e coripaco, para ser protagonista e no desenvolvimento sustentável em suas comunidades, através do ensino via pesquisa produzidos pelos alunos e também tendo em troca de experiência no conhecimento participativa tecnológica. Também os professores discutiram para poderem entrar de acordo entre outras escolas, como; questionando, dando proposta para poderem alcançar nesse ponto. E ainda os professores continuaram propor pautas para próximo encontro. No planejamento estratégico das nove escolas, marcaram três vezes a realização de encontros que são denominados da seguinte forma; Wawakeetakatopewa (kaakopedakaawa naapidzawaakatsa nhaaha ikadzeekatakape nakadzeekatakarodaliko) wawaketaakawa (kaakopedakadanako naapidzaawaka nhaaha madalidaperi pakadzeekatakaakaroda, dzamawali hamoli ikoamitsa) nheette wawakeetakapiwa (nawakeetakakaroda nhaaha nove pakadzeekatakaakaroda inialirikoperi, apawalitsa hamoli ikoamitsa, nakapakaro koameka nhaaha nadeenhikale nakoamitsa nheette naamakaro koameka namatsiataka nhaa).

Nos últimos três meses do funcionamento da Escola Pamáali, realizou-se várias oficinas, por objetivo de contribuir com a qualificação e formação de jovens e professores Baniwa e Coripaco, residentes na calha do rio Iça na e seus afluentes.

Escolas Kalidzamai e Kaayakaapali participam de oficina de informática básica na Pamáali.

Por Oscar Sanches

Uma oficina que leva os participantes conhecer sobre o uso de programa de computador foi ministrada no dia 19 a 24 de julho 2008, na escola Indígena Baniwa e Coripaco. A oficina contou com a participação de cinco pessoas da escola Kaayakaapali e seis pessoas da escola Kalidzamai. Com a criação rede de formação de professores e alunos baniwa e coripaco, a região do rio Içana e seus afluentes, para que possa garantir os conhecimentos sobre usos das ferramentas, programas do computador, para a qualidade de trabalhos escolares uso de tecnologia. Ao terminar a oficina as avaliações dos participantes disseram que conseguiram aprender 72% do conteúdo e garantem que vão repassar os conhecimentos aos outros colegas das suas escolas.

Ray

Fonte: Pitsiro Pamáali


Anúncios

Sobre Escola Pamaali

A Escola Pamáali é um resultado de construção da Educação Escolar própria pelos povos Baniwa e Coripaco, que iniciou desde meados da década de 90 (reuniões e grandes Encontro de Educação escolar Baniwa e Coripco). Começou a funcionar a partir do ano 2000 com 35 alunos. Hoje a EIBC-Pamáali é uma das referências em Educação escolar indígena na região do Alto Rio Negro.

Publicado em 26/08/2008, em Educação. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: